Onyx diz que Bolsonaro deve se manter neutro nas eleições municipais e prega foco na gestão

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse, nesta segunda-feira (13), que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), não deve ‘guardar certa distância’ e não participar diretamente das eleições municipais deste ano.

Lorenzoni lembrou que as disputas municipais chegam a dividir famílias em alguns lugares do país, e por isso não deve contar com a participação direta do presidente, pelo menos durante o primeiro turno. “Essa realidade (da eleição municipal) conheço bem, tenho sete mandatos como deputado. A disputa municipal chega a dividir famílias, então nessa perspectiva é melhor o presidente manter-se distante, aguardar a definição da comunidade, e talvez participar do segundo turno. Essa é uma visão pessoal”, comentou.

O ministro também disse que o momento exige foco total do presidente e sua equipe para a guerra que está sendo travada contra o novo coronavírus.

Questionado sobre como o presidente lida com a possibilidade de disputar a reeleição em 2022, Onyx disse que o tema não vem sendo tratado por Bolsonaro, e que só deve ser discutido durante os meses de março ou abril de 2022. “Nosso desafio é criar condições para que o país vença a pandemia e depois volte a crescer”, arrematou.

 

Uol

Quinca Remígio

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *