Explosão em Beirute, no Líbano, deixa dez mortos confirmados e centenas de feridos

A explosão na região portuária de Beirute, no Líbano, deixou dez mortos e centenas de feridos nesta terça-feira (4), de acordo com a agência de notícias Reuters.

A Cruz Vermelha contabiliza mais de cem vítimas, entre mortos e feridos. Parte dos feridos foi encaminhada para hospitais, mas ainda há dezenas de pessoas presas em escombros de suas casas.

Não há números precisos sobre a quantidade de feridos nem a causa oficial da explosão. O país já foi alvo de terroristas no passado, mas não há evidência de que se trate de um atentado terrorista.

A Cruz Vermelha disse também que há barcos operando no resgate de pessoas que foram jogadas ao mar. A emissora libanesa LBCI informou que o hospital Hôtel-Dieu de France, no centro da capital libanesa, atende mais de 500 feridos e fez um pedido de doação de sangue.

A explosão causou destruição em larga escala e quebrou janelas a quilômetros de distância.

Há operações para retirar as pessoas da região, de acordo com agência oficial, a NNA.

O chefe de segurança interna do Líbano, Abbas Ibrahim, disse que a explosão, na região portuária do Líbano, aconteceu numa seção que armazena materiais que podem ser altamente explosivos, e não explosivos em si.

Em uma entrevista televisionada, ele não quis especular sobre a causa da explosão.

Hamad Hasan, o ministro da Saúde, afirmou a uma rede de TV que há um “alto número de feridos” e que os danos são grandes.

Quinca Remígio

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *