Contas de mãe do Capitão Adriano revelam transferências, cheques e depósitos para Queiroz

Os dados bancários da mãe do miliciano morto em fevereiro deste ano Adriano Magalhães da Nóbrega, Raimunda Veras Magalhães, revelam repasses de valores para Fabrício Queiroz de forma direta e indireta e detalham suspeita do Ministério Público (MP), de que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) seria operador do esquema de “rachadinha”. A movimentação financeira identificada nas contas de Veras Magalhães é característica de lavagem de dinheiro.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo indica uma rotina padrão nas contas da mãe do miliciano Adriano da Nóbrega: repasses diretos ao suposto operador do esquema, Fabrício Queiroz, por transferência bancária, cheques e dezenas de depósitos em dinheiro vivo, com coincidência de datas e valores de recebimento dos salários na Alerj. Também foram identificadas operações financeiras com proximidade de períodos e cifras suspeitas realizadas nas contas de Flávio Bolsonaro, de Queiroz e de outros investigados.

Empregada como assessora parlamentar entre 2015 a 2018, vinculada ao gabinete de Flávio Bolsonaro, Veras Magalhães tem duas contas que registram 13 repasses para Queiroz, entre 2014 e 2018. São pelo menos seis transferências eletrônicas e sete cheques às contas do ex-assessor, que somam R$ 64.730,00.

Quatro depósitos são nominais (traz o nome do beneficiário do pagamento) e saíram da conta em que Vera recebia os vencimentos da Alerj, com padrão de repasse efetuado logo após o crédito, com valores coincidentes e operações fracionadas. Uma transferência é de julho de 2016 (R$ 4.600,00). As demais, em 2018: 2 de março (R$ 4.500,00), 2 de maio (R$ 4.150,00), e 1º de outubro (R$ 6.000,00).

 

Brasil 247

Quinca Remígio

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *